É PRECISO EMPREENDER!

Ta aí um bom tema para se falar hoje: Empreendedorismo, Desemprego e Jovens.

O que uma coisa tem a ver com a outra?? TUDO!!!

O empreendedorismo no Brasil e no mundo tem uma relação direta com o desemprego.

Estudos mostram que, no Brasil, é crescente o empreendedorismo de 2012 a 2015 conforme apresentado pela (Global Entrepreneurship Monitor – GEM Brasil em 2015). Muito devido ao alto índice de desemprego que leva as pessoas à empreenderem por necessidade, ocasionando a abertura de novos negócios.

60% dos jovens entram em carreiras que no futuro serão obsoletas

Pesquisa recente da The New Work Order, publicado pela Foundation for Young Australians (FYA), abordou algumas informações alarmantes para os australianos.

A pesquisa afirma que 60% dos jovens australianos entram no mercado de trabalho em carreiras que se tornarão ultrapassadas. Em paralelo a isso, a taxa de desemprego e sub-emprego já é de cerca de 30%; e as chances de se conseguir uma posição no mercado de trabalho vão continuar a encolher. Infelizmente, não podemos dizer que sejam novidades. Uma vez que, aquilo que foi abordado pela pesquisa não é um caso isolado, mas acontece ao redor do mundo; e podemos ver isto acontecendo no Brasil.

No ano passado, um relatório dos professores da Oxford, Carl Benedikt Frey e Michael Osborne, descobriu que um terço de todos os empregos no Reino Unido se tornará obsoleto nos próximos 20 anos. Isso é devido ao fator da inclusão tecnológica, da robótica e de softwares nos diversos campos de serviço, além dos novos modelos de negócios baseados em rede de relacionamento/consumo e e-commerce.

A outra face da moeda é o Empreendedorismo. Enquanto o DESEMPREGO aumenta, o interesse pelo EMPREENDEDORISMO aumenta na mesma proporção, pois enquanto o primeiro é um PROBLEMA,  o segundo é SOLUÇÃO. Veja sobre empreender por necessidade x oportunidade.

Todavia, empreender pode ser um grande desafio quando o nosso sistema educacional e mesmo a nossa educação familiar “PROGRAMA” seus filhos para serem “funcionários” de alguma boa empresa; buscar um “bom salário”; e se possível um “cargo público” por meio de concurso.

Neste cenário do desemprego o aumento do empreendedorismo por necessidade cresce muito, pois pessoas que ficam desempregadas precisam continuar gerando renda, por consequência buscam de alguma maneira algo para fazer e então empreendem com vendas, serviços ou até mesmo em algum tipo de negócio.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *