Compartilhou um post do seu blog mas a imagem do post não aparece no Facebook?

Conheça o Depurador de compartilhamento do Facebook

Quem mexe com marketing digital já deve ter se deparado com o seguinte problema: ao postar conteúdo de um site para o Facebook, e a imagem  do blog não aparecer no link post do Facebook. Isso acontece por que os conteúdos são compartilhados no Facebook na forma de uma página da Web. Da primeira vez que uma pessoa compartilha um link, o Rastreador do Facebook extrai o HTML no URL para coletar. Ou seja, armazenar em cache e exibir informações sobre o conteúdo no Facebook. Como um por exemplo: título, descrição e imagem em miniatura. Mas e quando o rastreador não acha essa imagem… como resolver a situação? Veja no tutorial a seguir:

Facebot é o robô de rastreamento da Web do Facebook que ajuda a melhorar o desempenho dos anúncios. Porém o Facebot verifica as alterações no arquivo de robots.txt do seu servidor apenas algumas vezes por dia. Portanto, as atualizações serão observados no próximo rastreamento e não imediatamente. Uma solução é esperar algumas horas para poder postar o conteúdo no Facebook para que a imagem seja captada pelo Facebot.

O jeito fácil...

Sim. Se você não tem muita familiaridade com os recursos acima, tem um jeito mais simples… Experimente executar o procedimento abaixo:

  1. Acesse a URL do depurador de compartilhamento do Facebook: https://developers.facebook.com/tools/debug/sharing ;
  2. Copie e cole a URL do POST que você deseja que seja mostrada no Facebook;
  3. Clique no botão “Depurar”;
  4. Clique no botão “Extrair novamente”.

 

depurador de compartilhamento do Facebook

Pronto. Agora faça o compartilhamento do seu post para o Facebook que a imagem deve aparecer normalmente.

Aprenda outros truques interessantes do Facebook e Google em nosso Curso de Marketing Digital.

Para quem tem conhecimento técnico maior, segue abaixo um tutorial “avançado”,     😀

E o jeito mais "técnico"...

Como melhor solução, você deve rotular todas as variações de uma página com o URL canônico usando uma marcação og:url (preferencial) ou link rel=”canonical”. O HTML para o URL canônico em si também deve conter uma marcação og:url para designar a si mesma como o recurso canônico.

 Isso garante que todas as ações, como curtidas e compartilhamentos, fiquem reunidas no mesmo URL. Além de  significar que diferentes versões do mesmo conteúdo serão reconhecidas pelo código igualmente, ainda que elas estejam hospedadas em subdomínios distintos ou possam ser acessadas tanto por http:// quanto por https://.

ou ainda: adicione essa marcação ao HTML do novo URL:

<meta property="og:url" content="https://example.com/old-url" />

Embora a marcação og:url seja preferível, esse método também funcionará com rel=canonical.

Isso indica ao nosso rastreador que o URL canônico está no antigo local e o rastreador a usará para gerar o número de Curtidas de uma página. Novas curtidas em qualquer um dos locais serão incluídas em ambos os locais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *